Coronavírus: Transmissão e Sintomas

  • Home / Coronavírus: Transmissão e Sintomas

Coronavírus: Transmissão e Sintomas

O Novo Coronavírus (2019-nCov) faz parte de uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Foi notificada em humanos pela primeira vez na cidade de Wuhan, província de Hubei, na China, em dezembro de 2019. O Ministério da Saúde comprovou em 26 de fevereiro um caso positivo de coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem de 61 anos que mora em São Paulo e veio da Itália. Esse é o primeiro caso da doença no país e em toda a América Latina.

O segundo caso no Brasil foi comprovado em 29 de fevereiro.Paciente é um homem de 32 anos que também esteve na Itália. Até o momento o país tem pouco mais de 250 casos suspeitos da doença, mas apenas 2 confirmados, ambos em São Paulo.

> Mensagem que manda prender respiração por 10 segundos para verificar se coronavírus causou fibrose nos pulmões. > Alerta de que produtos enviados da China para o Brasil tragam o novo coronavírus. > E-mail dizendo que chá de erva doce cura coronavírus.

> Lista de medicamentos eficazes contra o novo coronavírus.

TRANSMISSÃO

As investigações sobre as formas de transmissão ainda estãoem andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa está ocorrendo. Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

A transmissão do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: > Gotículas de saliva;

> Espirro;

> Tosse;

> Catarro;

> Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

> Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

SINTOMAS

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. No entanto, o coronavírus (SARS-CoV-2) ainda precisa de mais estudos e investigações para caracterizar melhor os sinais e sintomas da doença.

Os principais sintomas conhecidos até o momento são:

> Febre;

> Tosse;

> Dificuldade para respirar.

As recomendações de prevenção são: > Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas ou que estejam com sintomas da doença; > Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 a 60 segundos. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool; > Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel. Jogar o papel no lixo e higienizar as mãos; > Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

> Não compartilhar objetos de uso pessoal.

Acesse os sites do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde para ter mais informações!

Leave Comments